Facebook
Twitter
Twitter
Google +
Home  |   WebMail  |   Fale Conosco
Publicada: 06/02/2018 12:21:23-MT
Ator Dado Dolabella é preso por não pagar R$ 196 mil de pensão alimentícia a um de seus filhos
Foto:

O ator Dado Dolabella foi preso na noite de segunda-feira (06), em São Paulo, por deixar de pagar cerca de R$ 196 mil de pensão alimentícia a um dos seus filhos. Ao ser levado para a delegacia, o ator afirmou à imprensa que o valor foi calculado em cima de um salário que ele não recebe mais e que pretende recorrer na Justiça.

O juiz Marco Antonio Cavalcanti de Souza, da 1ª Vara de Família de Bangu, determinou a prisão de Dolabella por 60 dias. Em seu despacho, ele afirmou que o alvará de soltura estará sujeito ao pagamento de R$ 196.397,54 referentes à pensão acumulada de julho de 2014 a maio de 2017.

Na segunda-feira, a Polícia Civil recebeu uma informação anônima de que o ator estaria hospedado no apartamento de um amigo em Moema, bairro nobre da Zona Sul de São Paulo. Após fazer uma campana de cerca de três horas, os policiais prenderam Dolabella na calçada, quando ele se dirigia a uma academia.

O ator fez exame de corpo de delito e passou a noite em uma cela no 33º DP (Pirituba). Ao ser transferido, ele falou com jornalistas que o esperavam na porta da delegacia: “Esse valor está errado, de acordo com um salário que não recebo mais. Queria poder dar mais para o meu filho. Que pai não quer ajudar o filho a crescer?”.

Policiais disseram que o ator não resistiu à prisão e chorou ao chegar na delegacia. “Os advogados vão recorrer. A gente vai tentar recorrer, tentar fazer um acordo com ela [mãe do seu filho]. É isso, a Justiça escolheu isso, vamos acatar”, disse o ator.

De acordo com a polícia, ele pode ser transferido para o Rio, onde corre o processo, nos próximos dias. Dolabella já havia sido preso neste mesmo processo em agosto do ano passado, mas conseguiu uma liminar para não ficar na cadeia.

O artista é pai de três filhos de relacionamentos diferentes. Eduardo, do breve envolvimento com Fabiana Neves; João Valentim, do casamento com Viviane Sarahyba; e Ana Flor, da união com Juliana Wolker.

Outra prisão

Em 18 de agosto do ano passado, a Justiça concedeu um habeas corpus para o ator, que foi liberado da 11ª Delegacia de Polícia do Rio de Janeiro, na Rocinha. Ele havia sido preso no dia anteior por não pagar pensão alimentícia ao filho com Fabiana Neves, uma dívida de quase R$ 200 mil.

Na ocasião, a mãe do ator, a atriz Pepita Rodrigues explicou o motivo da pensão não ter sido paga. “É um absurdo o que estão fazendo com este menino. Uma crueldade. Ele tem um advogado que está pedindo há um tempo a redução do valor da pensão, porque ele não tem como pagar o que a mãe pede. O Dado não está trabalhando. Ele faz um bico aqui, outro ali, mas não consegue algo fixo. Hoje ele estava indo para Belo Horizonte fazer um trabalho quando foi preso. Essas histórias todas de confusão fizeram com que nenhuma emissora quisesse trabalhar com ele. Ele não tem dinheiro. Eu queria poder ajudar, mas a minha empresa faliu. Também não tenho dinheiro”, disse a atriz.

 

Fonte: O Sul



PUBLICIDADE