Facebook
Twitter
Twitter
Google +
Home  |   WebMail  |   Fale Conosco
Publicada: 27/09/2017 11:09:00-MT
Governador de MT cancela viagem a Brasília após prisão de dois secretários e do primo

Pedro Taques (PSDB) viajaria a Brasília para participar de audiência sobre a regulamentação da Lei Kandir. Operação deflagrada nesta quarta-feira (27) busca cumprir 8 mandados de prisão.

Foto:

O governador de Mato Grosso, Pedro Taques (PSDB), cancelou uma viagem a Brasília nesta quarta-feira (27) depois da Operação Esdras, deflagrada pela Polícia Civil para prender os secretários estaduais de Justiça e Direitos Humanos e de Segurança Pública, Airton Siqueira e Rogers Jarbas, e do ex-chefe da Casa Civil, Paulo Taques, que é primo dele, suspeitos de prejudicar a investigação sobre as escutas clandestinas feitas pela Polícia Militar.

Segundo o Gabinete de Comunicação do Estado (Gcom-MT), Taques iria participar de uma audiência no Senado a respeito da Lei Kandir, mas que a viagem foi suspensa.

A audiência, marcada para a tarde desta quarta-feira, será conduzida pela Comissão Mista Especial da Lei Kandir, que tem o senador Wellington Fagundes (PR-MT) como relator, e prevê a discutir a Lei Complementar 87/1996.

No ano passado, o Supremo Tribunal Federal (STF) estabeleceu prazo até 30 de novembro de 2017 para que o Congresso Nacional regulamente a Lei Kandir, segundo o Senado.

Operação Esdras

A Operação Esdras busca cumprir oito mandados de prisão, 15 mandados de busca e apreensão e um mandado de condução coercitiva, em Cuiabá e em Várzea Grande, na região metropolitana da capital.

As prisões e busca e apreensão foram decretadas nessa terça-feira (26) pelo desembargador do Tribunal de Justiça de Mato Grosso (TJMT), Orlando de Almeida Perri, a um pedido da delegada da Polícia Civil, Ana Cristina Feldner, que investiga o esquema dos grampos.

Perri determinou também a apreensão de todo e qualquer material utilizado para espionagem, apreensão de aparelhos eletrônicos, especialmente celulares.

Esdras, nome dado à operação, significa ajudador em hebraico e é um livro bíblico que conta a história de um escriba e de pessoas fiéis e diligentes que venceram a oposição e a resistência para reconstruir o templo de Deus e restaurá-lo a sua antiga glória.

 

Fonte: G1 MT



PUBLICIDADE