Facebook
Twitter
Twitter
Google +
Home  |   WebMail  |   Fale Conosco
Publicada: 01/02/2018 11:27:24-MT
PF faz operação contra crime no sistema financeiro; ex-prefeito é vítima em Barra
Foto:

A Polícia Federal deflagrou, nesta quinta (1º), no Banco Sicoob em Barra do Garças, a Operação "Prenda-me Se For Capaz", com o objetivo de coibir a prática de crimes contra o sistema financeiro nacional. Foram cumpridos um mandado de prisão preventiva, outro de busca e apreensão e uma quebra de sigilo bancário. 

Segundo a PF, a investigação teve início em fevereiro de 2017 com a finalidade de apurar a prática de gestão fraudulenta e apropriação indébita de dinheiro de correntistas do banco. Denúncias dão conta de que inúmeras fraudes foram praticadas pelo gerente geral da agência, conhecido como Cabral, preso preventivamente em Jataí (GO) como suposto autor dos desvios. 

Em novembro de 2016, ocorrência foi registrada na Delegacia Especializada de Roubos e Furtos (Derf) da cidade, dando conta de desfalques nas contas do ex-prefeito Wanderlei Farias e da ex-vereadora Andréa Santos, que denunciaram o fato. À época, estimava-se que o desfalque chega entre R$ 2 milhões a 4 milhões. A PF não informou se as vítimas se tratam mesmo do ex-prefeito e da ex-vereadora. 

As fraudes consistiam na utilização de artifícios destinados a manter em erro os cooperados e obter vantagem ilícita de natureza patrimonial, com saques em contas e empréstimos simulados. O caso é mantido sob sigilo.

 

Fonte: RD News



PUBLICIDADE