Facebook
Twitter
Twitter
Google +
Home  |   WebMail  |   Fale Conosco
Publicada: 07/02/2018 12:17:51-MT
Chefe de Ciretran-MT ameaça PMs após neta de 14 anos ser detida pilotando moto sem CNH, diz polícia

Avô foi à delegacia para defender a adolescente que estava detida por dirigir sem CNH. Pai diz que autorizou a filha a usar a moto para ir à escola.

Foto:

O chefe da Circunscrição Regional de Trânsito (Ciretran) de Nobres, a 151 km de Cuiabá, é suspeito de ameaçar dois policiais militares que tinham detido a neta dele, de 14 anos, por pilotar uma motocicleta, nessa terça-feira (6), segundo a Polícia Militar.

Após a detenção da neta, Ranulfo Lopes de Andrade foi à delegacia para cobrar explicações e disse aos policiais que pediria ao governador do estado a transferência deles para outra cidade.

"Ele falou que ele tinha poder e que ia pedir ao governador para tirar os policiais daqui. Ele achou ruim terem abordado ela", afirmou o policial Marcelo Araújo.

A reportagem ainda não conseguiu manter contato com Ranulfo pelo telefone celular dele e, na Ciretran do município, ninguém atende as ligações.

Conforme a polícia, ele desacatou os policiais por terem detido a jovem e apreendido a motocicleta dela.

O pai da adolescente também compareceu à delegacia e disse que permitia que a filha usasse o veículo para ir à escola.

Foram registrados dois boletins de ocorrência, um contra o chefe da Ciretran por desacato e ameaça e, outro, por direção perigosa, já que não possui Carteira Nacional de Habilitação (CNH). O caso deve ser investigado pela Polícia Civil.

A adolescente foi liberada depois que o boletim de ocorrência foi registrado. A motocicleta também foi liberada.

 

Fonte: G1 MT



PUBLICIDADE